Voadora do Dia

O relatório de monitoramento das cinco metas do Todos Pela Educação mostrou que o Brasil ainda tem mais de três mil crianças na faixa etária que vai dos 4 aos 17 anos fora da escola. No entanto, as crianças com até oito anos não sabem ler, seriam analfabetas funcionais (sabem escrever e ler o nome e outras poucas palavras). Isto demonstra que a criança tem cada vez mais se distanciado da verdadeira educação. Lembro-me bem que com cinco anos sabia ler e escrever por conta de uma educação infantil de qualidade – e nem por isto era menos criança do que as crianças de hoje. Ao contrário. Na minha época, as crianças brincavam do lado de fora de casa, de caçador, vôlei, amarelinha…

… hoje, nos deparamos com crianças sem infância, nos computadores e videogames, dentro das casas…

E por que tudo mudou desta forma? Para mim, por falta de comprometimento do governo federal com o brasileiro. Na tentativa de dar respostas aos organismos internacionais, o governo federal optou em abrir mão da educação brasileira. Enchem as salas de aula e não oferecem educação, reciclagem de professores e acompanhamento psicológico. Oferecem matérias e não cobram. Hoje, as crianças deixaram de ter notas e provas e recebem conceitos. Reprovação? É coisa do passado. E com oito anos, as crianças não sabem ler…

Mas elas fazem parte das estatísticas internacionais. O Brasil praticamente erradicou o analfabetismo. Erradicou? Estamos fadados ao fracasso escolar. A educação integral ainda é exceção e a criança vive em depósitos escolares, sem crescimento integral e se aproximando de pornografias que jamais viram em casa: inclusive nas músicas ouvidas na entrada escolar.

Acabaram com nossas crianças. Tiraram delas o direito de desenvolver seu potencial e a transformaram em mais uma no processo estatístico do pseudodesenvolvimento. Enquanto o Brasil não investir realmente em educação, teremos que contar com os autodidatas ou com a juventude – que transforma o teclado em arma para o futuro.

E que venha o futuro.

#VamosQueVamos

Contatos:
Twitter: @lucianapombo
Facebook: http://www.facebook.com/luciana.pomboii
Email: luciana@redemercosul.com.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s